Saúde

Na última quinta-feira, 20, o Prefeito Zezinho Costa esteve na comunidade do Nanã, região de Campos Naturais, entregando uma Unidade Básica de Saúde à população daquela área.

No Pará, são notificados somente os casos de sífilis congênita (infecção que se processa por via transplacentária) e em gestantes. (Ascom Santa Casa)

Pará não consegue reduzir incidência de sífilis

1Para n o consegue reduzir incidencia de sifilis

Em três anos foram registrados 9.473 casos da doença no Estado

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, mais de 12 milhões de pessoas têm sífilis no mundo. No Brasil, 119.800 casos foram notificados e a população mais afetada pela doença são as mulheres, principalmente as negras e jovens, na faixa etária entre 20 e 29 anos, como apontam números do Ministério da Saúde divulgados em 2018 e referentes ao ano anterior.

Infestação pelo mosquito Aedes Aegypti preocupa no Pará (Cláudio Santos / Agência Pará)

Infestação coloca 47 cidades do Pará em perigo

1 Infestac o coloca 47 cidades do Para em perigo

Dados apontam risco de surto em 11 municípios do Estado e abrem estado de alerta em 36, incluindo Belém e Ananindeua

Apesar da redução dos casos de dengue, zika e chikungunya, um terço dos municípios paraenses apresentam alta infestação do mosquito Aedes aegypti, transmissor dessas três doenças. Segundo dados do Ministério da Saúde, 47 cidades (32,6% dos 144 municípios) estão em situação de alerta ou risco de surto dessas três doenças. Dessas, 11 têm índice de infestação predial igual ou superior a 4%, o que representa risco de surto. Nos 36 municípios restantes, a situação é de alerta.

Foto: Divulgação

Hospital faz cirurgias que devolvem audição a pacientes

26021911

O Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza (HUBFS) realizou ontem (25) uma campanha alusiva ao Dia Internacional de Implante Coclear. Um dispositivo que pode trazer uma nova alegria aos pacientes. Afinal, o implante foi desenvolvido para que pessoas com perdas auditivas graves possam voltar a ouvir plenamente.

Foto: Divulgação

Grupo usa dança como tratamento de pacientes com Parkinson

289537

No Dia Mundial de Combate à Doença de Parkinson, conheça o Parkinson Group, que usa a dança como terapia física para o tratamento dos pacientes

Melhorar a qualidade de vida dos pacientes com Parkinson. Essa é a missão do Parkinson Group, do Instituto de Ciências da Arte (ICA) da Universidade Federal do Pará (UFPA), que utiliza a arte da dança como terapia física para o tratamento da doença, estimulando a atividade motora dos pacientes.

 

No Dia Mundial de Combate à Doença de Parkinson (11 de Abril), os pacientes que participam do projeto se reuniram para mais uma tarde de atividades, como fazem todas as terças e quintas. A coordenadora do projeto, professora Lane Krejcová, doutora em neurociência, fala que o projeto surgiu de uma grande necessidade da nossa região.

 

“O Parkinson Group é um projeto de extensão e pesquisa, com a Universidade atendendo a comunidade. Percebemos que havia uma carência muito grande de iniciativas públicas e gratuitas para atender a demanda de pacientes, que é muito grande. Quando eu entrei no ICA, comecei a me envolver com a dança, e foi a partir daí que surgiu a ideia de trabalhar a neurociência com as artes corporais”, conta a professora.

 

Com mais de um ano de atuação, o projeto começou de maneira tímida, com a equipe atendendo apenas oito paciente em casa. Hoje, o grupo conta com sede própria, no Laboratório de Estudos em Reabilitação Funcional (Laerf) do Instituto de Ciências da Saúde (ICS) da UFPA, e atualmente conta com 36 pacientes sendo atendidos por uma equipe de quatro professores especialistas e 16 alunos de diversas áreas, como Dança, Educação Física, Medicina, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Psicologia, Biologia e Ciência da Computação.

“As pessoas que participam do projeto são atendidas duas vezes por semana, com conteúdo elaborado por alunos dos cursos de Educação Física e Dança, que estudam a fisiopatologia do Parkinson e, de acordo com as necessidades do paciente, elaboram um programa de tratamento, com exercícios que trabalham o eixo motor, cognitivo e neuropsiquiátrico, assim como a socialização”, explica a professora Lane.

 

Para Henrique Lemos da Silva, 65 anos, funcionário público que foi diagnósticado com Parkinson há dois anos, os sintomas que o fizeram procurar ajuda profissional foram os mesmos de vários outros pacientes: tremores em uma das mãos, com o membro se movimentando de forma involuntária. Ele ressalta que seu estado emocional faz com que a intensidade dos tremores variem, e foi justamente nessa questão psicológica que o grupo veio para mudar sua vida.

 

“Eu me sinto vivo quando estou aqui. A amizade, o modo como sou recebido e o respeito de toda a equipe me faz muito bem. Para mim, a turma da professora Lane são anjos que estão na Terra em missão, pois eles tem uma paciência enorme com a gente. Aqui, o ambiente é maravilhoso, e isso faz com me sinta em paz”, conta Henrique.

289538

 

Lane explica que essa é a primeira e mais impactante melhora que se observa nos pacientes, com a redução dos níveis de apatia e depressão. "A cada seis meses, fazemos testes para acompanhar a evolução dos pacientes. Muitas das vezes, essas pessoas estão em isolamento social, em depressão, e aqui eles fazem uma atividade prazerosa. A dança é diferente de todas as terapias motoras, pois é divertida, ainda mais quando é trabalhada junto com a música, que é um estímulo cognitivo maravilhoso. Além disso, por ser uma atividade em grupo, eles acabam não somente se divertindo, como trocam experiências com todos que estão ali, pessoas que estão na mesma situação que eles. De certa forma, nosso grupo se torna uma espécie de grupo de apoio", finaliza a professora.

289535

 

Os interessados em saber mais sobre o Parkinson Group podem procurar a coordenação do projeto.

 

Data e Horário: Terça e Quinta-feira, das 14 hrs às 17 hrs

Local: Laerf/ICS da UFPA, localizado na Av. Generalíssimo Deodoro, 01 (próximo à Santa Casa)

Mais informações: (91) 99820-9263 ou e-mail  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Fonte: ORM

Mais Acessadas

  • Ordem
  • Título
  • Popular

Túnel é encontrado ...

Durante a revista, também foram ...

Vereador acusado de ...

O vereador da Câmara Municipal de ...

Caso Jairo Sousa - ...

Eles prestaram depoimento na manhã ...

BR 316 - Tentativa de ...

Uma tentativa de assalto foi ...

Em Castanhal, PRF ...

Cerca de 45 mil maços de cigarros ...

Barris com substância ...

Garrafão do Norte: Barris com uma ...

10ª Conferência ...

O Conselho Municipal de Saúde de ...

1ª Plenária Municipal de ...

Acontece em em Tracuateua no dia ...

21 de março - Dia ...

Dentre os 365 dias do ano, o ...

A BANANA E OS 10 ...

COMA 1 BANANA TODOS OS DIAS - E EM ...

ADEPARÁ ALERTA PARA FOCO ...

A Agência de Defesa Agropecuária ...

Alerta ao câncer de ...

Alerta ao câncer de cabeça e ...

Has no connect to show!

pizaria mix ANUN Copy

TV SAL - PROGRAMAÇÃO

tv sal

Destaques

Final de semana será de calor ...

Final de semana será de calor ...

Homem que torturou ...

Homem que torturou ...

Policial militar morre após ...

Policial militar morre após ...

Bragança: Os encantos da ...

Bragança: Os encantos da ...

Série C - Remo 0 x 1 Paysandu

Papão quebra jejum e entra no ...

Vídeo Destaque

Usuários Online

Temos 244 visitantes e Nenhum membro online

Curta nossa página

logo jt rodap

Nosso Endereço

  • Rua Benedito Padilha, AP-04 - Centro - Tracuateua - PA CEP: 68647-000 - Brasil
  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • (91) 98468-3055 / 98416-6497

Anuncie Aqui

Usuários Online

Temos 244 visitantes e Nenhum membro online